15 dicas para Vestibular

Estudar para alguns é um prazer, para outros, uma dificuldade. Para ajudar a estes dois grupos, abrimos uma seção para mostrar que o ato de estudar pode ser mais fácil para ambos.

Dicas para o vestibular

São dicas preciosas e, portanto, indispensáveis para quem está cursando o ensino médio ou, então, preparando-se para o exame vestibular.

Veja também em: www.vestibular-2017.cursosgratuitosead.com.br

1ª. ACERTOS.

Concentração e tranqüilidade garantem o máximo de acertos possível.

Não se preocupe em tentar acertar um determinado número de questões.

2ª. ACHISMOS.

Nada de achismos!

Não adianta fazer suposições.

Utilize apenas as informações que, de fato, constam no enunciado. Não suponha nada além.

Não acredite cem por cento nas figuras: acho que esse ângulo é reto. Não! Ou está escrito no enunciado que ele é reto ou terá que deduzir isso.

Vestibular dicas

3ª. AFETIVIDADE.

O estudante não pode tirar férias de sua condição humana.

As relações afetivas dão ao candidato o equilíbrio emocional necessário para enfrentar a rotina de estudos.

4ª. ÁGUA.

É importante manter-se hidratado.

Beba muita água (oito copos por dia, em média).

O leite e os sucos naturais de frutas, além de serem boas fontes de água, fornecem outras substâncias nutritivas essenciais ao organismo.

A água ajuda na digestão, no funcionamento dos rins e intestinos, além de regular a temperatura do corpo. Repõe a perda de líquidos aumentada com o calor e o estresse.

5ª. ALIMENTAÇÃO.

As proteínas, vitaminas e sais minerais são muito importantes.

As frituras são desaconselhadas, pois causam transtornos gastrointestinais.

Cereais, pães integrais e queijos irão deixá-lo bem mais disposto para estudar.

Ingira líquido à vontade, como água ou suco natural, mas nada de refrigerantes.

Feijoada, nem pensar, porque causa sonolência, deixando o raciocínio mais lento.

A alimentação balanceada é fundamental para um melhor desempenho das funções mentais.

Deixe o chiclete o mais rapidamente possível. Ele fabrica ácido clorídrico e provoca sensação de fome.

Os carboidratos são a principal fonte de energia do organismo e são encontrados no arroz, na batata, massas e pães.

Fazer pelo menos cinco refeições diárias, sem exagerar na quantidade, é o segredo (café da manhã, lanche, almoço, lanche da tarde e jantar).

No dia da prova, coma alimentos suaves e leves, como frutas, sucos e vitaminas. Evite comidas gordurosas, de difícil digestão, doces, chocolates, refrigerantes e balas, que causam desconforto gástrico.

6ª. AMBIENTE DE ESTUDO.

Fique longe de conversas e evite ruídos repetitivos.

Evite movimentos e sons que tirem sua concentração.

Não é necessário desligar-se totalmente do mundo – uma música instrumental, por exemplo, em volume mais baixo, é sempre uma boa companhia – mas resista a atender o telefone.

7ª. AMIGOS.

Cultive amigos.

Estabelecer relações sociais é necessário para alegrar a vida.

Um ombro amigo vale para dividir prazeres e tristezas e para compartilhar momentos especiais.

8ª. ANOTAÇÕES.

Manter os apontamentos é fundamental.

A escrita é um poderoso instrumento para preservar o conhecimento.

Tomar notas é a melhor técnica para guardar as informações obtidas em aula e em livros.

9ª. ANSIEDADE.

Não carregue sobre os ombros as expectativas de seus pais. Já bastam as suas!

O diálogo é a melhor saída para controlar a ansiedade de ser aprovado no vestibular.

A ansiedade e o medo são considerados reações normais em situações aflitivas, como provas.

A adrenalina produzida pela ansiedade pode ajudar no processo competitivo, gerando iniciativa e garra para lutar.

Aprender a ter controle sobre a situação em vez de entrar em pânico é a chave para um melhor aproveitamento da adrenalina.

10ª. ANTES DA PROVA.

Alivie a tensão, fazendo algo de que gosta e o deixa relaxado.

Assista a um filme, escute música, faça uma caminhada, etc.

11ª. APROVEITE TODOS OS HORÁRIOS.

Não perca um minuto sequer do seu precioso tempo.

Aproveite os minutos usados com deslocamentos, como as viagens de ônibus, por exemplo, ou as folgas no trabalho para repassar o que foi estudado.

12ª. ASSIMILAÇÃO.

Habitue-se a pensar, refletir, questionar e debater. O conteúdo assim torna-se assimilado, faz parte de você, pois tomou posse do saber.

13ª. ATIVIDADE FÍSICA.

A atividade física controla a ansiedade e aumenta a auto-estima.

Pratique exercícios físicos, de preferência de segunda a sexta-feira.

Escolha uma de que goste e comece a praticá-la aos poucos, sem forçar muito.

Lembre-se de que não é um atleta que está treinando para as olimpíadas.

14ª. ATUALIZAÇÃO.

Manter-se atualizado é tão importante quanto estudar.

Intensifique o seu grau de atualização, especialmente por meio da leitura de jornais, revistas e pesquisa na Internet.

15ª. AULAS. 

Mantenha a atenção nas aulas. É o melhor momento da aprendizagem.

A assiduidade às aulas é fator de sucesso, pois é difícil achar quem substitua a explicação do professor. É a comunicação direta, dinâmica e viva. Na lousa, as setas facilitam a percepção rápida. Há concomitância de palavras, gestos, figuras. O professor sabe de antemão os pontos mais obscuros, que apresentam mais dificuldades.

Há alunos que procedem como turistas. Aparecem de vez em quando para fazer suas visitas e, no fim do ano, se tornam especialistas em cálculos de porcentagem de faltas: aborrecem professores e funcionários da secretaria e estão sempre à deriva, em vias de entrar pelo cano.

Vestibular

Dicas em video

Saber utilizar bem o espaço de estudo, ter cuidado ao fazer a redação, estudar diariamente e estudar em grupo: tudo isso pode ser uma mão na roda para quem precisa de um “empurrãozinho” nas notas.

Inscrição:

Você pode fazer a inscrição no site Vestibulares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *